13.7.12

Aconteceu na Diocese há 48 anos

«D. Abílio, coadjuvado pelo Movimento de Renovação da Arte Religiosa e o patrocínio da Fundação Calouste Gulbenkian, em Dezembro de 1963, abriu concurso para o anteprojecto (da Catedral de Bragança).
No Porto, a 14 de Julho de 1964, o júri composto por quatro arquitectos e um cónego escolheu o projecto da equipa de Luís Vassalo Rosa, Francisco G. Figueira e António Alfredo.
A obra, orçada na época em 8000 contos, seria construída na Boavista, sendo a entrada principal pela Praça Cavaleiro Ferreira. parece que o projeto não foi muito bem recebido na altura; houve críticas ao seu modernismo exagerado e o projecto só vingou com D. António Rafael (...)
in «Bragança, Cidades e Vilas de Portugal», João Neto Jacob